29 abril 2009

c.l.o.w.n.

Um palhaço triste
- paradoxo da minha infância.
Que só quis fazer rir
mas como é gente
entristece, sonha, frusta, mente...
Desabrocha da semente do inusitado
a surpreza do riso, do grifo, do dito... é um mito!
Ainda acredito em palhaços
com sua humanidade nobre
e divindade medíocre
riso fácil e choro torrencial
- Abram espaço no picadeiro!
Lá vem nosso espelho amplificado!
Oh, sad clwon faça-me sorrir!

27 abril 2009

Fênix II


Eu caí
pensando ter o mundo
você e muito mais
Confundi o chapéu panamá
a jibóia e o elefante
e a esperta rosa
Fui como uma flor
que desconhecendo sua verdadeira natureza
fica ao sabor de descuidados olfatos errantes
Mas vou levantar
tendo-me aos meus desejos
medos e um pouco mais de tudo o que falta
Sim, não levantarei flâmulas
ou escudos ou estandartes
- um mestre-sala do mundo
dançando, caindo, coreografando e dançando... endless
Na verdade sou como aquela flor
que surge do fogo
mora no tempo
vive de água
e - padece, enlouquece, carece, merece, desfalece -
morre de amor e paixões.

23 abril 2009

23 de Abril....abriu-se a mata e Osossi surgiu!



Salve Jorge... Cavaleiro Intrépido e Vencedor.... Zela por mim e pelos meus, abrindo e iluminando os nossos caminhos! Axé.

14 abril 2009

j.á. f.i.z.!.

Cantarei
dançarei rezarei a cor de névoa
de sonhos e de uma causa
como a de uma camisa rosa e calças cor de pele

honrarei teu nome no desafio
prudente do teu corpo suor beijo e saliva

Escreverei poemas mudos
silentes e confidentes de minh'alma
de minha calça branca e camisa sem cor
- eles que olham para mim enquanto lhe desejo

fotografarei sua linda tristeza
no instante da saudade da quase-morte.

Serei teu!

12 abril 2009

v.o.c.ê.

Você sai
Isso é amor
Você fica
Isso é o meu amor

Você entra
Prazer
Você permanece
Faz-me enlouquecer

Você diz
Calo.
Você cala
Choro.

Você olha
Exibo cores
Você desvia
Quanta indiferença

Você vive
Respiro
Você sorri
Ardo!

Você.
Eu.
Você
Só meu.
Amor!

07 abril 2009

Orquídeas


não deixe de ver
o botão já abriu
e a flor (viva) caiu

sinta o que tem em mente
esta é somente você
num microcosmos sem lentes

viva mais que sinta
se for preciso, finja
se não, pareça mentir

mas não deixe de ver
que quem fingiu ser botão
não segura a flor nem na mente.